Banner Municipio ijui
logomenu
Institucional
Publicada em 31/05/2012.

INTRODUÇÃO

 

O Ijuí Pró-Vôlei é gratuito e destinado a crianças e adolescentes entre os sete e quinze anos, a fim de garantir o desenvolvimento humano por meio da excelência da prática esportiva do voleibol. Os alunos são divididos nas categorias baby-iniciante, de sete e oito anos; baby-vôlei, de nove e dez anos; mini, de onze e doze anos; e mirim, de treze a quinze anos; atendendo, assim, crianças e adolescentes das redes de ensino municipal, estadual e privada.

As atividades são realizadas no turno inverso ao programa curricular escolar em núcleos que abrangem grande parte do município, e são acompanhadas por monitores/acadêmicos do curso de Ed. Física que recebem capacitação e supervisão periódicas dos coordenadores pedagógicos responsáveis. As atividades acontecem em escolas municipais que beneficiam os alunos matriculados na respectiva instituição e em ginásios municipais cedidos pela prefeitura que recebem estudantes das três redes de ensino.

O voleibol é um esporte que possui em sua essência e mecânica, aspectos e fundamentos que se identificam como eficientes difusores de valores sociais que moldam cidadãos íntegros e coletivamente integrados a sua sociedade. Vários aspectos são trabalhados de maneira natural em meio às aulas e auxiliam o desenvolvimento dos participantes em sua integridade, tais como: a coordenação motora, o condicionamento físico, a auto-estima, a disciplina, o espírito de equipe, a superação de desafios e frustrações e o cooperativismo. 

Alguns fatores que tornam o trabalho relevante são: a utilização de uma modalidade coletiva altamente instrutiva, desenvolvimento de habilidades físicas e motoras através de atividades coordenadas e específicas para cada faixa etária, a padronização do ensino através da capacitação permanente dos monitores e avaliação dos coordenadores, o comprometimento do Poder Público e a parceria com uma Instituição de Ensino Superior reconhecidamente respeitada que agrega ao projeto conhecimentos técnicos e científicos através dos cursos de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia, Serviço Social e Psicologia.

O projeto, para além deste importantíssimo trabalho social, prevê uma evolução gradativa e tem em seu cronograma de execução, a médio e longo prazo, a formação de futuros atletas através da implantação de categorias de base e equipe de alto rendimento.

Ao apoiarem iniciativas com esta intencionalidade, os Poderes Executivo e Legislativo, as instituições e empresas, as escolas e as famílias exercem sua responsabilidade social, apresentam caminhos e oportunidades e combatem preventivamente problemas que já existem e se alastram assustadoramente em nossa comunidade. Entre eles, a evasão escolar, o trabalho infantil, a dependência química, a violência e a ociosidade e obesidade infantis.
O esporte comprometido com a educação e formação é um dos melhores exercícios para cidadania.

 

O Ijuí Pró-Vôlei é gratuito e destinado a crianças e adolescentes entre os sete e quinze anos, a fim de garantir o desenvolvimento humano por meio da excelência da prática esportiva do voleibol. Os alunos são divididos nas categorias baby-iniciante, de sete e oito anos; baby-vôlei, de nove e dez anos; mini, de onze e doze anos; e mirim, de treze a quinze anos; atendendo, assim, crianças e adolescentes das redes de ensino municipal, estadual e privada.

 

As atividades são realizadas no turno inverso ao programa curricular escolar em núcleos que abrangem grande parte do município, e são acompanhadas por monitores/acadêmicos do curso de Ed. Física que recebem capacitação e supervisão periódicas dos coordenadores pedagógicos responsáveis. As atividades acontecem em escolas municipais que beneficiam os alunos matriculados na respectiva instituição e em ginásios municipais cedidos pela prefeitura que recebem estudantes das três redes de ensino.

 

O voleibol é um esporte que possui em sua essência e mecânica, aspectos e fundamentos que se identificam como eficientes difusores de valores sociais que moldam cidadãos íntegros e coletivamente integrados a sua sociedade. Vários aspectos são trabalhados de maneira natural em meio às aulas e auxiliam o desenvolvimento dos participantes em sua integridade, tais como: a coordenação motora, o condicionamento físico, a auto-estima, a disciplina, o espírito de equipe, a superação de desafios e frustrações e o cooperativismo.

 

Alguns fatores que tornam o trabalho relevante são: a utilização de uma modalidade coletiva altamente instrutiva, desenvolvimento de habilidades físicas e motoras através de atividades coordenadas e específicas para cada faixa etária, a padronização do ensino através da capacitação permanente dos monitores e avaliação dos coordenadores, o comprometimento do Poder Público e a parceria com uma Instituição de Ensino Superior reconhecidamente respeitada que agrega ao projeto conhecimentos técnicos e científicos através dos cursos de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia, Serviço Social e Psicologia.

 

O projeto, para além deste importantíssimo trabalho social, prevê uma evolução gradativa e tem em seu cronograma de execução, a médio e longo prazo, a formação de futuros atletas através da implantação de categorias de base e equipe de alto rendimento.

 

Ao apoiarem iniciativas com esta intencionalidade, os Poderes Executivo e Legislativo, as instituições e empresas, as escolas e as famílias exercem sua responsabilidade social, apresentam caminhos e oportunidades e combatem preventivamente problemas que já existem e se alastram assustadoramente em nossa comunidade. Entre eles, a evasão escolar, o trabalho infantil, a dependência química, a violência e a ociosidade e obesidade infantis.

 

O esporte comprometido com a educação e formação é um dos melhores exercícios para cidadania.

Ijuí Pró-Vôlei é gratuito e destinado a crianças e adolescentes entre os sete e quinze anos, a fim de garantir o desenvolvimento humano por meio da excelência da prática esportiva do voleibol. Os alunos são divididos nas categorias baby-iniciante, de sete e oito anos; baby-vôlei, de nove e dez anos; mini, de onze e doze anos; e mirim, de treze a quinze anos; atendendo, assim, crianças e adolescentes das redes de ensino municipal, estadual e privada.
As atividades são realizadas no turno inverso ao programa curricular escolar em núcleos que abrangem grande parte do município, e são acompanhadas por monitores/acadêmicos do curso de Ed. Física que recebem capacitação e supervisão periódicas dos coordenadores pedagógicos responsáveis. As atividades acontecem em escolas municipais que beneficiam os alunos matriculados na respectiva instituição e em ginásios municipais cedidos pela prefeitura que recebem estudantes das três redes de ensino.
O voleibol é um esporte que possui em sua essência e mecânica, aspectos e fundamentos que se identificam como eficientes difusores de valores sociais que moldam cidadãos íntegros e coletivamente integrados a sua sociedade. Vários aspectos são trabalhados de maneira natural em meio às aulas e auxiliam o desenvolvimento dos participantes em sua integridade, tais como: a coordenação motora, o condicionamento físico, a auto-estima, a disciplina, o espírito de equipe, a superação de desafios e frustrações e o cooperativismo. 
Alguns fatores que tornam o trabalho relevante são: a utilização de uma modalidade coletiva altamente instrutiva, desenvolvimento de habilidades físicas e motoras através de atividades coordenadas e específicas para cada faixa etária, a padronização do ensino através da capacitação permanente dos monitores e avaliação dos coordenadores, o comprometimento do Poder Público e a parceria com uma Instituição de Ensino Superior reconhecidamente respeitada que agrega ao projeto conhecimentos técnicos e científicos através dos cursos de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia, Serviço Social e Psicologia.
O projeto, para além deste importantíssimo trabalho social, prevê uma evolução gradativa e tem em seu cronograma de execução, a médio e longo prazo, a formação de futuros atletas através da implantação de categorias de base e equipe de alto rendimento.
Ao apoiarem iniciativas com esta intencionalidade, os Poderes Executivo e Legislativo, as instituições e empresas, as escolas e as famílias exercem sua responsabilidade social, apresentam caminhos e oportunidades e combatem preventivamente problemas que já existem e se alastram assustadoramente em nossa comunidade. Entre eles, a evasão escolar, o trabalho infantil, a dependência química, a violência e a ociosidade e obesidade infantis.
O esporte comprometido com a educação e formação é um dos melhores exercícios para cidadania.O "Ijuí Pró-Vôlei – Semeando o Futuro" foi oficialmente inaugurado no dia 03 de outubro de 2009, em solenidade no Ginásio Municipal Wilson Mânica de Ijuí. É um projeto idealizado pelo ijuiense e ex-jogador da Seleção Brasileira de voleibol, Alex Lenz Stragliotto, e desenvolvido pelo Município de Ijuí - Poder Executivo em parceria com a Unijuí e o apoio da Câmara Municipal de Vereadores.
O projeto vem com intuito de massificar e popularizar, no município de Ijuí, uma modalidade diferenciada e que, atualmente, é o carro chefe das modalidades olímpicas no Brasil, sinônimo de organização e de grande aceitação do público nas diversas faixas etárias. A comunidade local confirmou esse fato, pois em seu primeiro semestre de implantação, o Ijuí Pró-Vôlei recebeu a inscrição de 1.150 crianças e adolescentes.
O Ijuí Pró-Vôlei é gratuito e destinado a crianças e adolescentes entre os sete e quinze anos, a fim de garantir o desenvolvimento humano por meio da excelência da prática esportiva do voleibol. Os alunos são divididos nas categorias baby-iniciante, de sete e oito anos; baby-vôlei, de nove e dez anos; mini, de onze e doze anos; e mirim, de treze a quinze anos; atendendo, assim, crianças e adolescentes das redes de ensino municipal, estadual e privada.
As atividades são realizadas no turno inverso ao programa curricular escolar em núcleos que abrangem grande parte do município, e são acompanhadas por monitores/acadêmicos do curso de Ed. Física que recebem capacitação e supervisão periódicas dos coordenadores pedagógicos responsáveis. As atividades acontecem em escolas municipais que beneficiam os alunos matriculados na respectiva instituição e em ginásios municipais cedidos pela prefeitura que recebem estudantes das três redes de ensino.
O voleibol é um esporte que possui em sua essência e mecânica, aspectos e fundamentos que se identificam como eficientes difusores de valores sociais que moldam cidadãos íntegros e coletivamente integrados a sua sociedade. Vários aspectos são trabalhados de maneira natural em meio às aulas e auxiliam o desenvolvimento dos participantes em sua integridade, tais como: a coordenação motora, o condicionamento físico, a auto-estima, a disciplina, o espírito de equipe, a superação de desafios e frustrações e o cooperativismo. 
Alguns fatores que tornam o trabalho relevante são: a utilização de uma modalidade coletiva altamente instrutiva, desenvolvimento de habilidades físicas e motoras através de atividades coordenadas e específicas para cada faixa etária, a padronização do ensino através da capacitação permanente dos monitores e avaliação dos coordenadores, o comprometimento do Poder Público e a parceria com uma Instituição de Ensino Superior reconhecidamente respeitada que agrega ao projeto conhecimentos técnicos e científicos através dos cursos de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia, Serviço Social e Psicologia.
O projeto, para além deste importantíssimo trabalho social, prevê uma evolução gradativa e tem em seu cronograma de execução, a médio e longo prazo, a formação de futuros atletas através da implantação de categorias de base e equipe de alto rendimento.
Ao apoiarem iniciativas com esta intencionalidade, os Poderes Executivo e Legislativo, as instituições e empresas, as escolas e as famílias exercem sua responsabilidade social, apresentam caminhos e oportunidades e combatem preventivamente problemas que já existem e se alastram assustadoramente em nossa comunidade. Entre eles, a evasão escolar, o trabalho infantil, a dependência química, a violência e a ociosidade e obesidade infantis.
O esporte comprometido com a educação e formação é um dos melhores exercícios para cidadania."Ijuí Pró-Vôlei – Semeando o Futuro" foi oficialmente inaugurado no dia 03 de outubro de 2009, em solenidade no Ginásio Municipal Wilson Mânica de Ijuí. É um projeto idealizado pelo ijuiense e ex-jogador da Seleção Brasileira de voleibol, Alex Lenz Stragliotto, e desenvolvido pelo Município de Ijuí - Poder Executivo em parceria com a Unijuí e o apoio da Câmara Municipal de Vereadores.
O projeto vem com intuito de massificar e popularizar, no município de Ijuí, uma modalidade diferenciada e que, atualmente, é o carro chefe das modalidades olímpicas no Brasil, sinônimo de organização e de grande aceitação do público nas diversas faixas etárias. A comunidade local confirmou esse fato, pois em seu primeiro semestre de implantação, o Ijuí Pró-Vôlei recebeu a inscrição de 1.150 crianças e adolescentes.
O Ijuí Pró-Vôlei é gratuito e destinado a crianças e adolescentes entre os sete e quinze anos, a fim de garantir o desenvolvimento humano por meio da excelência da prática esportiva do voleibol. Os alunos são divididos nas categorias baby-iniciante, de sete e oito anos; baby-vôlei, de nove e dez anos; mini, de onze e doze anos; e mirim, de treze a quinze anos; atendendo, assim, crianças e adolescentes das redes de ensino municipal, estadual e privada.
As atividades são realizadas no turno inverso ao programa curricular escolar em núcleos que abrangem grande parte do município, e são acompanhadas por monitores/acadêmicos do curso de Ed. Física que recebem capacitação e supervisão periódicas dos coordenadores pedagógicos responsáveis. As atividades acontecem em escolas municipais que beneficiam os alunos matriculados na respectiva instituição e em ginásios municipais cedidos pela prefeitura que recebem estudantes das três redes de ensino.
O voleibol é um esporte que possui em sua essência e mecânica, aspectos e fundamentos que se identificam como eficientes difusores de valores sociais que moldam cidadãos íntegros e coletivamente integrados a sua sociedade. Vários aspectos são trabalhados de maneira natural em meio às aulas e auxiliam o desenvolvimento dos participantes em sua integridade, tais como: a coordenação motora, o condicionamento físico, a auto-estima, a disciplina, o espírito de equipe, a superação de desafios e frustrações e o cooperativismo. 
Alguns fatores que tornam o trabalho relevante são: a utilização de uma modalidade coletiva altamente instrutiva, desenvolvimento de habilidades físicas e motoras através de atividades coordenadas e específicas para cada faixa etária, a padronização do ensino através da capacitação permanente dos monitores e avaliação dos coordenadores, o comprometimento do Poder Público e a parceria com uma Instituição de Ensino Superior reconhecidamente respeitada que agrega ao projeto conhecimentos técnicos e científicos através dos cursos de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia, Serviço Social e Psicologia.
O projeto, para além deste importantíssimo trabalho social, prevê uma evolução gradativa e tem em seu cronograma de execução, a médio e longo prazo, a formação de futuros atletas através da implantação de categorias de base e equipe de alto rendimento.
Ao apoiarem iniciativas com esta intencionalidade, os Poderes Executivo e Legislativo, as instituições e empresas, as escolas e as famílias exercem sua responsabilidade social, apresentam caminhos e oportunidades e combatem preventivamente problemas que já existem e se alastram assustadoramente em nossa comunidade. Entre eles, a evasão escolar, o trabalho infantil, a dependência química, a violência e a ociosidade e obesidade infantis.

 

O "Ijuí Pró-Vôlei – Semeando o Futuro" foi oficialmente inaugurado no dia 03 de outubro de 2009, em solenidade no Ginásio Municipal Wilson Mânica de Ijuí. É um projeto idealizado pelo ijuiense e ex-jogador da Seleção Brasileira de voleibol, Alex Lenz Stragliotto, e desenvolvido pelo Município de Ijuí - Poder Executivo em parceria com a Unijuí e o apoio da Câmara Municipal de Vereadores.
O projeto vem com intuito de massificar e popularizar, no município de Ijuí, uma modalidade diferenciada e que, atualmente, é o carro chefe das modalidades olímpicas no Brasil, sinônimo de organização e de grande aceitação do público nas diversas faixas etárias. A comunidade local confirmou esse fato, pois em seu primeiro semestre de implantação, o Ijuí Pró-Vôlei recebeu a inscrição de 1.150 crianças e adolescentes.
O Ijuí Pró-Vôlei é gratuito e destinado a crianças e adolescentes entre os sete e quinze anos, a fim de garantir o desenvolvimento humano por meio da excelência da prática esportiva do voleibol. Os alunos são divididos nas categorias baby-iniciante, de sete e oito anos; baby-vôlei, de nove e dez anos; mini, de onze e doze anos; e mirim, de treze a quinze anos; atendendo, assim, crianças e adolescentes das redes de ensino municipal, estadual e privada.
As atividades são realizadas no turno inverso ao programa curricular escolar em núcleos que abrangem grande parte do município, e são acompanhadas por monitores/acadêmicos do curso de Ed. Física que recebem capacitação e supervisão periódicas dos coordenadores pedagógicos responsáveis. As atividades acontecem em escolas municipais que beneficiam os alunos matriculados na respectiva instituição e em ginásios municipais cedidos pela prefeitura que recebem estudantes das três redes de ensino.
O voleibol é um esporte que possui em sua essência e mecânica, aspectos e fundamentos que se identificam como eficientes difusores de valores sociais que moldam cidadãos íntegros e coletivamente integrados a sua sociedade. Vários aspectos são trabalhados de maneira natural em meio às aulas e auxiliam o desenvolvimento dos participantes em sua integridade, tais como: a coordenação motora, o condicionamento físico, a auto-estima, a disciplina, o espírito de equipe, a superação de desafios e frustrações e o cooperativismo. 
Alguns fatores que tornam o trabalho relevante são: a utilização de uma modalidade coletiva altamente instrutiva, desenvolvimento de habilidades físicas e motoras através de atividades coordenadas e específicas para cada faixa etária, a padronização do ensino através da capacitação permanente dos monitores e avaliação dos coordenadores, o comprometimento do Poder Público e a parceria com uma Instituição de Ensino Superior reconhecidamente respeitada que agrega ao projeto conhecimentos técnicos e científicos através dos cursos de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia, Serviço Social e Psicologia.
O projeto, para além deste importantíssimo trabalho social, prevê uma evolução gradativa e tem em seu cronograma de execução, a médio e longo prazo, a formação de futuros atletas através da implantação de categorias de base e equipe de alto rendimento.
Ao apoiarem iniciativas com esta intencionalidade, os Poderes Executivo e Legislativo, as instituições e empresas, as escolas e as famílias exercem sua responsabilidade social, apresentam caminhos e oportunidades e combatem preventivamente problemas que já existem e se alastram assustadoramente em nossa comunidade. Entre eles, a evasão escolar, o trabalho infantil, a dependência química, a violência e a ociosidade e obesidade infantis.
O esporte comprometido com a educação e formação é um dos melhores exercícios para cidadania.

 

 

<< voltar
Parceiros
Links Legais
Newsletter